E-Zine Exclusivo para o Whastapp

21 tecnologias surpreendentes que alcançaremos antes de 2030

Singularity 21 tecnologias surpreendentes que alcançaremos antes de 2030
foto_ramos 21 tecnologias surpreendentes que alcançaremos antes de 2030

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
foto_ramos 21 tecnologias surpreendentes que alcançaremos antes de 2030

De acordo com uma pesquisa do Global Agenda Council, do Fórum Econômico Mundial, sobre o futuro dos softwares e da sociedade, boa parte das tecnologias das quais ouvimos falar atualmente atingirão momentos de virada em 2025.

A pesquisa consultou mais de 800 executivos e especialistas da indústria de tecnologia e identificou 21 pontos de impacto até 2030, os quais listamos abaixo:

1. O primeiro smartphone implantável no seu corpo estará disponível em 2025

“As pessoas estão cada vez mais conectadas a dispositivos, e os dispositivos estão cada vez mais conectados aos corpos das pessoas”, diz o texto do estudo. Dispositivos capazes de identificar doenças, rastrear pessoas, enviar dados a centros de monitoramento e librar medicamentos automaticamente, por exemplo, já serão comercializados em 2025.

A pesquisa cita, como pontos negativos, preocupações com privacidade e diminuição da segurança dos dados.

2. 80% das pessoas estarão na internet em 2023

A presença das pessoas no universo digital evolui rapidamente. Em 2023, de acordo com a pesquisa, 80% das pessoas terá uma presença digital, o que tem “se tornado estritamente ligado à vida física de uma pessoa”. Empresas como o Google e o Facebook trabalham duro nisso.

3. Nossos próprios olhos serão interface de tecnologias em 2023

O Google Glass é apenas o começo. A tecnologia será capaz, em 2023, de conectar nossa própria visão aos dispositivos eletrônicos. Isso, segundo o texto “pode mudar a forma como aprendemos, navegamos e fornecemos informações e feedbacks a empresas e bens de serviço”. Um possível impacto negativo, diz a pesquisa, é o vício cada vez maior.

4. 10% das pessoas usarão roupas conectadas à internet em 2022

A tecnologia está cada vez mais pessoal. Relógios inteligentes não são “nada” perto da possibilidade de adicionar chips a todas as suas peças de roupas, permitindo, por exemplo, rastrear crianças e detectar hábitos pouco saudáveis. A companhia Gartner espera que 70 milhões de relógios inteligentes e outros smartbands sejam vendidos em 2015, número que aumentaria para 514 milhões em cinco anos, diz o texto.

5. 90% das pessoas com acesso à internet em 2024

Atualmente, diz o Fórum, 43% da população mundial tem acesso à internet, e isso evolui muito rapidamente. “Para que essa evolução realmente aconteça, a internet deve não só estar disponível, mas também ser acessível monetariamente. Hoje, mais de 85% das pessoas vive próxima a torres que poderiam entregar sinal de internet”. Existem projetos, como o Internet.org, do Facebook, trabalhando nisso. Só em 2014, 1,2 bilhão de smartphones foram vendidos.

6. 90% das pessoas terão smartphones em 2023

Muitas pessoas já preferem smartphones a computadores comuns, e eles estão cada vez mais poderosos. A pesquisa chama o fenômeno de “um supercomputador em seu bolso”. A adesão aumenta, a tecnologia evolui e os preços caem. A lista mostra países cuja população adulta com smartphones já está muito próxima a 90%, a qual inclui Singapura, Coreia do Norte e Emirados Árabes Unidos, por exemplo.

7. 90% das pessoas com acesso a armazenamento ilimitado e gratuito em 2018

Cada vez mais empresas oferece armazenamento de dados gratuitamente, e aproximadamente 90% dos dados do mundo foram criados nos últimos dois anos – as pessoas criam conteúdo sem mais se preocupar em deletar para não ocupar espaço.

Para oferecer este tipo de produto, é provável que companhias usem plataformas com anúncios ou a telemetria.

8. 1 trilhão de sensores conectados – a internet das coisas em 2022

“Especialistas sugerem que, no futuro, todos os produtos físicos podem estar conectados a infraestruturas de comunicação, e sensores em todos os lugares permitirão que as pessoas tenham percepção completa de seu ambiente”, diz o texto.

Os hardwares estão cada vez mais baratos e há cada vez mais poder computacional. Sensores podem monitorar comportamentos e saúde e comunicar-se entre si através da rede, fornecendo dados em tempo real.

9. Mais de 50% do trafego de internet será aplicado ao funcionamento dos lares em 2024

A casa conectada pode estar mais próxima do que você imagina. “Hoje, boa parte do tráfego de internet é usado para o consumo pessoal, em comunicação e entretenimento”, explica o trabalho, a automação do lar permitirá o controle de objetos, como interruptores, geladeiras e sistemas de segurança. A limpeza da sua casa poderá ser feita dessa maneira, através de robôs.

10. Cidades inteligentes em 2026

Em 2026, veremos a primeira cidade com mais de 50.000 habitantes e nenhum semáforo, segundo o estudo. Cidades progressistas, como Singapura e Barcelona, já implementam serviços que funcionam através de dados. Até mesmo as estradas serão conectadas à internet. Os sensores facilitarão desde o deslocamento até a retirada do lixo das ruas.

11. Decisões tomadas através da big data em 2023

Há cada vez mais dados e informações sobre comunidades, e mais e mais decisões são tomadas usando informações baseadas em pesquisa.

Segundo as previsões, em 2023 veremos o primeiro governo que substituirá seu censo por fontes que usam o big data. Com isso, as decisões serão automatizadas, tanto em níveis industriais quanto governamentais: isso significa depositar uma boa dose de confiança na tecnologia – e provavelmente a extinção de diversos cargos administrativos, que podem ser substituídos por novas opções de empregos.

12. 10% dos carros serão autônomos em 2026

Muitas empresas, como o Google e a Audi, já trabalham nisso. Você provavelmente já ouviu falar em carros que não precisarão de motoristas. É possível que este tipo de veículo seja mais seguro, tenha menor impacto ambiental e diminua o congestionamento significativamente. Dez por cento pode parecer pouco, mas a tendência a partir daí é que o número aumente com muito mais velocidade.

13. Inteligência artificial em conselhos de empresas em 2026

A tecnologia da IA pode aprender com os erros para tomar decisões, e a pesquisa acredita que em 11 anos veremos o primeiro conselho de empresa com um membro eletrônico. Isso significa potencialmente conclusões mais rápidas e mais precisas.

14. 30% dos empregos de colarinho branco serão substituídos por IA em 2025

As ferramentas de inteligência artificial são boas em automatizar processos e tomar decisões, o que significa boa parte dos empregos de escritórios. Um estudo da Oxford disse que, em 2010, 47% dos empregos dos EUA poderiam ser performados por computadores.

15. O primeiro farmacêutico-robô em 2021

Muitos empregos já são influenciados por robôs. Em 2021, segundo as previsões, já poderemos confiar na tecnologia para receitar os remédios de que precisamos.

16. 10% do PIB mundial armazenados na nuvem em 2027

Boa parte do dinheiro pode estar disponível através de Bitcoins muito em breve. A “blockchain” é uma forma de distribuir com segurança este tipo de moeda – atualmente, essa “corrente” já possui aproximadamente US$20 bilhões, ou 0,025% do PIB global de US$80 trilhões. A pesquisa lista apenas impactos positivos para esta mudança, que passam por inclusão digital e maior transparência.

17. Mais caronas do que viagens em carros particulares em 2025

A economia colaborativa permite que pessoas que estão dispostas a oferecer algo entrem em contato com pessoas que precisam deste mesmo algo com facilidade. A pesquisa acredita que essa forma de transação estará muito mais difundida daqui 10 anos.

18. Cobrança de impostos através da rede em 2023

As transações financeiras por bitcoins podem facilitar – e muito – determinados tipos de cobranças, como impostos. De acordo com o texto da pesquisa, um candidato à prefeitura de Londres já fez a sugestão de implementação desta tecnologia para evitar fraudes.

19. Produção do primeiro carro feito por uma impressora 3D em 2022

Atualmente, as impressoras 3D trabalham principalmente com a fabricação de produtos de plástico, os quais são feitos camada por camada. Mas muitas empresas já trabalham com a ideia de usar outros tipos de material – já é possível “imprimir chocolate”, por exemplo.

Essas impressoras são cada vez mais acessíveis e poderão ser usadas para fabricar uma imensa quantidade de produtos em breve.

20. Transplante de fígado feito com impressora 3D em 2024

O processo é chamado de “bioimpressão”, e promete otimizar a medicina – e muito. Os materiais usados para este tipo de impressão passam, por exemplo, por pó de titânio na fabricação de ossos, e as pesquisas já começaram.

21. 5% dos produtos consumidos feitos por impressoras 3D em 2025

Nesse cenário das possibilidades da impressão em 3D, os produtos poderão ser softwares que as pessoas baixam e imprimem em casa, customizados e sob demanda. Isso poderia reduzir custos e aumentar a acessibilidade a esses produtos.

 

Ah, se gostou deste artigo, vai adorar este livro:

Livro do curso: Marketing para Empresas e Profissonas de Software

capalivro 21 tecnologias surpreendentes que alcançaremos antes de 2030

Esta obra tem como objetivo levar o leitor a pensar sobre todas as estratégias de mercado a fim de se destacar da concorrência no setor de software, aumentando suas chances de vendas. 

Em todos os capítulos do livro há estudos de casos, conteúdos complementares e dicas de ferramentas que tornam a obra completa, levando o leitor a uma reflexão de todo seu negócio e tornando-o competitivo e lucrativo.

Mais sobre o livro….

 

Top
%d blogueiros gostam disto: