E-Zine Exclusivo para o Whastapp

5 livros, indispensáveis, para start-ups

livreque_empreendedor_melhor-1 5 livros, indispensáveis, para start-ups

11 livros que farão de você um empreendedor excepcional em 2017

foto_ramos 5 livros, indispensáveis, para start-ups

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
foto_ramos 5 livros, indispensáveis, para start-ups

Resolvemos fazer uma lista de 6 livros indispensáveis para start-ups. Se você recomenda algum, escreva nos comentários no final.

  1. Elon Muskir?t=wwwramosdainf-20&l=as2&o=33&a=8580578280 5 livros, indispensáveis, para start-ups

Este é mais inspirador. Indico ele por ser um grande fã. É o criador do PayPal, da Tesla Motors, do SpaceX (que está revolucionando a corrida espacial e com projeto de colonização e marte), criador do transporte terrestre mais rápido do mundo. Conhecido, principalmente nos EUA, como o Homem de Ferro (o Tony Stark) da vida real. É um sujeito que já faz parte da história e tem muito ainda pela frente. Sou suspeito por ser muito fã. Mas recomendo a leitura.

2. De Zero a Um. O que Aprender Sobre Empreendedorismo com o Vale do Silícioir?t=wwwramosdainf-20&l=as2&o=33&a=8539006200 5 livros, indispensáveis, para start-ups

Os pontos chaves para criar uma empresa com valor agregado a cima da competição, fazer o diferente, sair do trivial, comece com um pequeno nicho, produto vírus, otimismo ou pessimismo vago são falsas expectativas, um plano, a venda, vírus,o líder criador, apresentação de pontos cruciais apresentando modelos.

De zero a um: O que aprender sobre empreendedorismo com o Vale do Silício não oferece fórmula para o sucesso. O paradoxo de ensinar empreendedorismo é que tal fórmula não pode existir. Como cada inovação é única, nenhuma autoridade consegue prescrever em termos concretos como ser inovador. Toda inovação vai de 0 a 1. No livro, o autor revela como construir empresas que criem coisas novas. Apresenta uma visão otimista do futuro do progresso e uma maneira original de pensar sobre inovação: ensina você a fazer perguntas que o levem a encontrar valor em lugares inesperados.

3. Satisfação Garantidair?t=wwwramosdainf-20&l=as2&o=33&a=8578601483 5 livros, indispensáveis, para start-ups

Livro indispensável para todos. Mostra como o foco no cliente pode e deve ser aplicado em todas as esferas de um negócio. As lições desse livro valem tanto para quem vende cachorro quente num trailer quanto para quem é presidente de uma multinacional.

4. A Startup Enxutair?t=wwwramosdainf-20&l=as2&o=33&a=8581780040 5 livros, indispensáveis, para start-ups

Se você quer empreender, e principalmente se quer iniciar um negócio inovador, esse livro vai te ajudar a entender práticas aceitas e levadas a cabo por grandes empreendedores do Vale do Silí­cio. O pressuposto mais importante dessa obra diz respeito à confecção de Produtos Minimamente Viáveis para testar a resposta do público à inovação que você pretende trazer ao mercado.

Sobre o Produto Minimamente Viável:

Imagine que você quer criar um produto inovador. Vou pensar num exemplo qualquer: uma caneta com a ponta grossa que preenche bolinhas em cartões de respostas (o público-alvo seriam candidatos a vagas em universidade – vestibulandos – e a cargos públicos – “concursandos”). Um Produto Minimamente Viável seria aqui uma caneta bem tosca… o único pressuposto é que ela seja capaz de preencher as bolinhas com bem menos esforço que uma caneta comum. Você não vai gastar dinheiro para estilizar a caneta, deixá-la “sexy”, bonita, etc. Você tenta vender pelo teu preço-alvo algumas unidades nas entradas das escolas onde se fazem vestibulares e outros concursos públicos e faz anotações sobre as respostas dadas pelo teu público-alvo. Assim, você contém ao máximo seus custos e checa se tem ou não um produto vendável em mãos. Se não tiver, faz adaptações e testa de novo ou abandona a ideia. Se tiver, começa a produção e depois faz novos testes para estilizar a caneta, melhorar sua funcionalidade etc. Basicamente, você nunca gasta desnecessariamente sem saber se haverá um retorno. Gasta apenas o necessário para realizar testes. Daí o termo “enxuta” no tí­tulo do livro.

Se, por outro lado, você deseja ser franqueado de uma grande rede de alimentação já estabelecida, teu dever de casa não passa pela confecção de um produto minimamente viável. O fato de que essa rede cresceu e se expandiu já é prova suficiente de que o público aceita e paga pelos produtos da empresa. Então, nesse caso, te cabe fazer uma diligência acerca de custos e do local onde você vai abrir sua franquia para ver se é ou não boa ideia tocar seu negócio.

O livro, portanto, tem como público-alvo empreendedores ou aspirantes com a ideia de lançar produtos ou serviços realmente inovadores.

Até aqui, parece que o livro é nota 10, mas há um motivo pelo qual só lhe dei 4 estrelas. Acho que os autores são dogmáticos e fissurados na ideia do MVP (sigla para “minimum viable product”, “produto mí­nimo viável” em inglês). Tenho pé atrás com generalizações e esse livro certamente generaliza por meio da constante reafirmação de que o MVP é o único caminho a se seguir ao se iniciar uma start-up inovadora.

Não tiro só da minha imaginação a informação de que há outros caminhos a se seguir. O Billy Murphy, empreendedor em série e autor do blog foreverjobless.com e do podcast com o mesmo nome, por exemplo, ensina que o MVP não cabe bem em algumas iniciativas. Não vou dissertar sobre isso, o autor citado faz isso melhor que eu (mas seu conteúdo só está disponí­vel em inglês, infelizmente).

Na minha forma de avaliar, 4 estrelas ainda significa muito bom, e esse livro é um clássico mundial. O recomendo a empreendedores ou aspirantes com veia inovadora.

5. Criatividade S/Air?t=wwwramosdainf-20&l=as2&o=33&a=8532529569 5 livros, indispensáveis, para start-ups

Incrível a simplicidade e clareza na forma de relato e a possibilidade de auto descobrimento e enriquecimento pessoal que ele pode proporcionar. Eu diria que não é só um livro para líderes e gestores (apesar de ser voltado para eles), mas um livro que todo o mundo deveria ler!!!

No livro, Catmull mostra que o ingrediente essencial para uma história bem-sucedida é uma ambiente empresarial que estimula a ousadia e renegra a convenção. E não se furta de passar a limpo, passo a passo, o histórico de sucesso que ajudou a construir.

Qual a sua lista? Conte pra gente!

 

Top
%d blogueiros gostam disto: