Apps Mobile: estratégias para ter sucesso e sobreviver no mercado

mm

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
mm

Muitos desenvolvedores lançam belos aplicativos nas app stores diariamente, mas sem uma boa estratégia de marketing – e seus app terminam por ficar esquecidos. Como garantir que sua aplicação mobile se destaque das demais e mantenha um bom ritmo de adoção? Neste artigo vamos mostrar abordagens para manter usuários engajados, angariar apoio e se fazer notar antes e depois de lançar seus apps.

Terminadas as etapas de ideação e brainstorm, design e codificação, o que vem depois? Ao finalizar a fase de desenvolvimento de um aplicativo móvel, é importante ter todas as estratégias de marketing na manga.

O lançamento é um dos elementos mais importantes. Existem milhões de aplicativos nas App Stores lutando por atenção em dezenas de categorias, e para desenvolver uma aplicação sustentável no longo prazo, são necessárias estratégias de marketing e distribuição sólidas. Manter um equilíbrio saudável entre o processo de desenvolvimento e a estratégia de marketing é fundamental para garantir sustentabilidade.

Vamos começar examinando algumas estratégias de pré-lançamento. É possível realizar essas ações de seis a oito meses antes da data planejada para o lançamento em si.

Landing pages e mídias sociais

Antes de a aplicação chegar ao público, é sempre bom criar um pouco de suspense. Crie uma landing page criativa e eficaz que passe um resumo da ideia do seu app. Inclua vídeos e imagens que despertem o interesse do público-alvo. Mas lembre-se de não entregar toda a ideia do aplicativo. Revele um pouco, mas esconda muito mais.

Criar um cadastro é uma bom primeiro passo que pode atrair muitos usuários. Muitos desses ‘early adopters’ serão os embaixadores do seu app.

 

Além disso, a integração entre redes sociais e as landing pages andam de mãos dadas; são parte integral da página. Garanta que o aplicativo tenha contas ativas no Facebook, Twitter e YouTube. Também é possível usar o Instagram para aumentar o suspense. Crie competições rápidas, sorteios e cupons de desconto. Se os usuários gostarem, eles mesmos tornarão o aplicativo um sucesso.

Dica rápida: Caso não seja viável investir em um website completo com uma experiência de usuário personalizada, use serviços com o LaunchRock que oferecem opções para customização e funcionalidades básicas para criação de landing pages.

Envolva usuários cedo e com frequência

Aprenda React do Zero ao ProfissionalPermita que os usuários potenciais saibam sobre seu app o mais cedo possível; envolva-os no processo de desenvolvimento desde o início. Eles irão fornecer feedback de qualidade e ao final podem se tornar os principais usuários e defensores do aplicativo.

O Twitter é uma excelente maneira de alcançar usuários potenciais, já que tem muitos usuários com experiência em tecnologia e que podem ser ótimas fontes para ideias e melhorias. Certifique-se de que todos os tweets tenham foco nos usuários e no principal problema que sua ideia pretende resolver.

Comunicados e trailers

Uma maneira de obter popularidade e chegar aos portais de mídia é um Press Release. No entanto, há diferenças entre um comunicado de pré-lançamento e um comunicado oficial de lançamento do app. O de pré-lançamento tem foco no “porquê” do app, muito mais do que no “o que”. O principal foco deve ser educar e convencer o leitor sobre o que se trata o aplicativo; como ele resolve um problema e como vai se destacar no App Store.

Outra boa prática é lançar um vídeo curto, um trailer que explica o conceito do aplicativo, a interface/experiência do usuário, como o problema em pauta será solucionado, quem é o embaixador da marca etc.

Antes do lançamento realize uma pesquisa de mercado, faça análise da concorrência e também explore opções de mídia paga. Contratar uma boa equipe de relações públicas também pode fazer maravilhas para o sucesso do seu app.

Perguntas fundamentais

Para tirar o máximo de seu app, é preciso antes responder às seguintes questões:

● Como garantir que o aplicativo consiga um rank alto na loja para que seja descoberto organicamente (via pesquisas)?

● O app está tendo downloads suficientes para trazer retorno financeiro?

● Como saber se o aplicativo está sendo baixado especificamente pelo seu público-alvo e garantir uma boa taxa de uso?

A seguir mostraremos abordagens práticas para manter os usuários interessados no aplicativo após o lançamento. Isso inclui comunicação frequente com os usuários, lançamentos constantes e o cuidado com as primeiras impressões.

Converse, converse

Segundo um estudo recente do Google, as principais razões para os usuários apagarem uma app são mudança nos hábitos e a falta de utilidade. Mas não perca as esperanças. Esses fatores são altamente subjetivos e mudam com o tempo. O que os usuários querem ou preferem varia, e é muito importante manter uma conversa ativa com eles.

Segundo vários consultores técnicos de Android, uma boa estratégia de longo prazo é criar uma comunidade de beta-testing. Essas comunidades permitem compreender o que interessa aos usuários, ao mesmo tempo que evoluem e se adaptam.

Além disso, beta-testers conseguem acesso prévio a todas as funcionalidades do aplicativo, o que lhes dá a oportunidade de ajudar a moldar a aplicação. Isso os deixa mais envolvidos e pode torná-los “embaixadores não-oficiais” do app.

Libere no prazo e continue liberando

Espalhe a notícia sobre o lançamento do aplicativo. Contate blogueiros e jornalistas que possam escrever sobre temas relacionadas ao app.

Ao lançar a primeira versão do seu aplicativo, você deve ter uma reserva de funcionalidades que poderia ter disponibilizado no lançamento, mas que deixou de propósito para depois. Também mantenha a segunda versão enxuta e guarde funcionalidades para a próxima versão. Não inclua todas as funções de uma só vez, já que o entusiasmo vai desaparecer após o aplicativo ser usado algumas vezes.

Faça com que a cada atualização tenha sempre alguma coisa nova e instigante para oferecer ao usuário. Com isso, na medida em que o seu aplicativo progride, as versões mais continuarão impulsionando as vendas.

Atualize o app regularmente. Os usuários precisam permanecer animados: atualizações garantem que não se cansem rapidamente do app e o substituam por outro mais ativo. Esta prática, além de motivar o uso, acostuma os usuários a esperar atualizações, aumentando o engajamento.

Dica rápida: Apresente aos poucos aspectos diferentes do app. Funcionalidades como notificações por e-mail, alertas, integrações com soluções de terceiros, recursos de exportação e atalhos podem ser mostrados depois que o usuário entende o básico do funcionamento do app.

Primeiras impressões

A taxa de retenção de um app depende de múltiplos fatores, mas é fato que a primeira impressão é essencial. Deve-se oferecer aos usuários uma boa experiência de início de uso, por fazer o usuário instalar o aplicativo é só metade da batalha. Os primeiros segundos após a primeira execução irão determinar se serão usuários ativos ou se vão desinstalar imediatamente e mudar para outras opções na App Store.

Por exemplo, mensagens como ‘Olá’, ‘Bem-vindo de volta!’, ‘Sentimos sua falta”, são boas maneiras de garantir que os usuários não saiam trocando de aplicativos, já que isso os faz sentir valorizados. A ideia é sempre garantir os valores da marca e valorizar o usuário. Uma experiência inicial de boas vindas guiará os usuários pelas principais características do aplicativo. Isso inclui explicar o que pode ser feito a partir da tela inicial e onde o usuário pode aprender sobre outros detalhes do aplicativo.

Rápidos e velozes

Se seu aplicativo trava com muita frequência ou é lento: o usuário médio não usaria o aplicativo por mais de um minuto. Um estudo recente diz que usuários de apps esperam que um aplicativo esteja funcionando plenamente dentro de dois segundos da abertura.

Elimine a gordura. Reduza os gráficos pesados, trabalhe com os desenvolvedores para otimizar código para remover gargalos e atrasos. Não sobrecarregue seu aplicativo com muito conteúdo no processo de inicialização.

In-App Analytics

O uso de in-app analytics (análise de estatísticas dentro do app) é uma excelente maneira de saber como seus usuários se comportam, como fazem escolhas e seus padrões de navegação. É importante conhecer profundamente sua base de usuários; quem está baixando seu aplicativo e quando, e por quanto tempo os estão usando.

Conseguir essas respostas é vital e para isso recomendamos as melhores ferramentas de analytics para rastrear dados da sua aplicação, como – Flurry Analytics, Google Mobile App Analytics, Appsee e Mixpanel.

Celebridades

A próxima dica pode parecer impossível: conseguir celebridades para obter fama instantânea para seu app. Com isso, além de atrair os fãs da pessoa famosa, isso ajuda a convencer críticos e pessimistas de que há pessoas com credibilidade apoiando a empresa que desenvolveu.

Portanto, no caso de conhecer alguém (que conhece alguém…) peça-os para comentar na sua página. É possível também adicionar opiniões sobre o aplicativo em várias plataformas de redes sociais. Com tudo isso, você ganha confiança, credibilidade e mais usuários!

Conclusões

As estratégias exploradas aqui são abordagens de longo prazo para reter usuários, aumentando o uso diário e tornando-os fiéis à sua aplicação. Mas lembre-se: não use todas ao mesmo tempo. Seu objetivo principal deve ser mostrar que você se importa com as necessidades e solicitações dos usuários.

O sucesso do seu aplicativo não é baseado apenas no número de downloads, usuários ativos ou visualizações de página. É muito mais que isso. Os reais indicadores de progresso estão no engajamento dos usuário. O engajamento aponta como a aplicação soluciona os problemas dos usuários e como eles gostam de interagir com a aplicação. Reter seus usuários é mais importante que o total de downloads ou a obtenção de avaliações altas.


Sobre o Autor

 Ritesh Patil é cofundador da Mobisoft Infotech, referência em desenvolvimento Android, que já implementou apps nas áreas de finanças, seguros, saúde, entretenimento, produtividade, causas sociais e educação, entre outras indústrias, colecionando vários prêmios nesse caminho.

Compartilhe.

PinIt
Top
%d blogueiros gostam disto: