E-Zine Exclusivo para o Whastapp

Com suporte da GhFly, Havan espera vender 150% a mais no Dia Mundial do Consumidor

Semana-do-Consumidor-Havan_peça02-1-800x420 Com suporte da GhFly, Havan espera vender 150% a mais no Dia Mundial do Consumidor

Agência impulsionará ações digitais durante o principal evento do varejo nacional no primeiro trimestre

A GhFly, agência digital líder em marketing de performance no Brasil, está preparada para a 4ª edição do Dia Mundial do Consumidor, que acontece no próximo dia 15 de março e será amplamente aproveitada pelos e-commerces para aquecer as vendas e resultados do primeiro trimestre.

O Dia Mundial do Consumidor já se consolidou como uma das principais datas para o varejo nacional e a GhFly utiliza a tecnologia para planejar, criar e gerenciar campanhas de marketing digital que trazem crescimento e lucratividade para seus clientes. Para Gustavo Hana, CEO da GhFly, o maior desafio para a data será em relação ao atendimento do e-commerce das Lojas Havan, maior loja de departamentos do país e cliente da agência. “Para a edição deste ano, vamos desenvolver, gerenciar e dar suporte  para as ações da  Havan no meio digital e a expectativa é grande para o dia. Estamos trabalhando com uma meta de crescimento em torno de 150% em relação ao mesmo período de 2016 para as vendas online”, afirma Hana.

A ação, batizada de “Semana do Consumidor”, será realizada de 13 a 17 de março e foi planejada para que o consumidor encontrasse descontos exclusivos e diários para cada departamento da empresa. Jordan Hang, Coordenador de E-commerce da Havan explica como será a execução da campanha: “Estamos trabalhando em conjunto com a GhFly para trazermos muitas novidades aos nossos consumidores. Teremos uma landing page e pop-up exclusivos para a data comemorativa, com campanhas direcionadas no Facebook, além de promoções exclusivas de até 40% de desconto em diversos produtos em nossa loja virtual.”

O Dia Mundial do Consumidor

O dia 15 de março foi escolhido como Dia Mundial do Consumidor em 1962 por John Kennedy, então presidente dos Estados Unidos, como uma forma de lembrar e valorizar os direitos dos consumidores americanos. Mais de 20 anos depois, a Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) chancelou mundialmente a data, tendo como base as Diretrizes das Nações Unidas.

Em 2014, o Buscapé Company, comparador de preços, celebrou a data com a criação do evento Dia Mundial do Consumidor no Brasil para estimular as vendas do e-commerce nacional por meio de grandes descontos. De lá para cá, a data já movimentou quase R$ 600 milhões em faturamento, sendo que, em 2016, ano desafiador em relação à economia, houve 12% de crescimento, com 562 mil pedidos e 277 mil compradores.

Segundo estudo divulgado pelo Google, a previsão é que a data movimente mais de R$300 milhões em vendas. As buscas na internet sobre o assunto já estão 56% acima em relação ao ano passado. Além disso, os dados também mostraram que as categorias de maior interesses dos brasileiros no último ano foram livros, eletrodomésticos, cosméticos, moda, casa e decoração.

Top
%d blogueiros gostam disto: