Treinamento Técnicas de Invasão

Como aprender a programar II – o calendário de estudo

mm

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
mm

No artigo anterior: Como aprender a programar. Ficou faltando um calendário de estudos para ajudar a se organizar.

Afinal, as desculpas são várias: Esses dias têm sido corridos demais… já passou por isso? Sensação de que faltou tempo para estudar o que eu queria, e para praticar o que eu precisava.

Às vezes tenho a ilusão de que é um dia da minha vida que fez a diferença na minha carreira. Que um dia bem estudado vai permitir um grande novo salto.

Mas, paro pra pensar… hoje não consegui estudar nada… tudo bem… eu tenho mais um ano inteiro pela frente para estudar quase todos os dias, crescer quase todos os dias.

A técnica de estudo

Em vez de estudar muito durante um único dia, prefiro estudar um pouco quase todos os dias. Espaçar e repetir é uma técnica comprovada de estudo e crescimento profissional. Mas como estudar quase todo dia sendo que quase sempre “falta tempo”?

Todo ano compro um calendário, aquelas agendas de papelaria mesmo, em que anoto o que estudarei cada um dos dias. Tenho sempre um mês à frente anotadinho, dia a dia, o que estudarei em uma única hora que tenho em cada dia útil, cada dia algo diferente. Tem até nome esse tipo de estudo: interleaving.

A consistência é o que me faz crescer. Porém, para isso, preciso de uma oportunidade para estudar todos os dias. Preciso de muito conteúdo disponível para mim, e de um guia, de alguém que faça a curadoria do que devo e o que não devo estudar para não perder meu tempo.

Por exemplo, se hoje é segunda-feira, dia 4:

4, segunda - Curso 1 - Web Design com Photoshop
5, terça - Curso 2 - Certificação Java I
6, quarta - Curso 3 - Mail marketing
7, quinta - Livro 1 - Desenvolvendo para Android
8, sexta - Livro 2 - HTML 5 e CSS 3
 
11, segunda - Curso 1
12, terça - Curso 2
13, quarta - Curso 3
14, quinta - Livro 1
15, sexta - Livro 2
 
18, segunda - Curso 1
19, terça - Curso 2
20, quarta - Curso 3
21, quinta - Livro 1
22, sexta - Livro 2
 
25, segunda - Curso 1
26, terça - Curso 2
27, quarta - Curso 3
28, quinta - Livro 1
29, sexta - Livro 2

Seguindo as regras do calendário

Pronto. Todo dia útil, no mesmo horário, foque uma única hora para estudar aquilo que se comprometeu. Não precisa terminar hoje, afinal você terá semana que vem (spaced repetition) e, até lá, estará conectando outros assuntos também (interleaving), para não ficar viciado e com uma visão unilateral.

Não tenha dúvida também: todo dia você se pergunta “devo estudar A ou B?”. Já está escrito em sua agenda: é A, ponto final! Assim como eu, se tirar essas dúvidas do caminho, você senta e aproveita aquela uma hora estudando do começo ao fim.

Resultados obtidos

Em um mês você terá lido dois livros e estudado três cursos. Isso no seu primeiro mês.

Bons estudos!

Compartilhe.

PinIt
Top
%d blogueiros gostam disto: