E-Zine Exclusivo para o Whastapp

Como vender seu software, mundo afora?

foto_ramos Como vender seu software, mundo afora?

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
foto_ramos Como vender seu software, mundo afora?

Por Ramos de Souza Janones

Qualquer pessoa ou empresa que desenvolve software pode vender seus produtos para o mundo todo. A internet não possui fronteiras e exportar software hoje é muito fácil. Vamos apresentar aqui uma excelente ferramenta pela qual é possível expor seu produto a um enorme mercado.

Os passos, resumidamente, são:

1. Criar uma versão para demonstração – shareware – em no mínimo três idiomas. De preferência português, inglês e espanhol.

2. Criar um website também em três idiomas, pelo menos, para que mais usuários possam conhecer melhor o software.

3. Pedir o Swift Code ao seu banco de preferência. Trata-se de um código que identifica seu banco para transferência entre bancos internacionais. Você deverá informar ao cliente o número do seu banco, agência, conta e o Swift Code.

4. Começar a vender seu software para o mundo todo.

Ok, exageramos bastante, não é tão fácil assim… Vamos ver dois sites que comercializam sharewares no mundo todo: o Share-it e o RegNow. Estes dois são os melhores e mais conhecidos sites do mundo para venda de softwares via internet.

O Share-it é o mais popular. Possui e-commerce em mais de 150 países e uma grande rede de profissionais fornecedores de soluções em TI espalhadas pelo mundo. Tornou-se um excelente canal de vendas e distribuição virtual. Então o quarto passo mais acertado seria de cadastrar-se como “autor de software” nestes dois sites e enfim começar a vender mundialmente.

Caso ainda encontre dificuldades em trabalhar com dinheiro e bancos internacionais para receber os pagamentos – mesmo tendo o SWIFT Code de seu banco – você pode usar o serviço da SiliconAction para vender e comprar softwares de outros países. Este site pode comercializar seus sharewares em países da América Latina e oferece parcelamento por cartão de crédito. Há também o PayPal, um serviço internacional de mediação de dinheiro.

Além de criar seu website, abrir conta no Share-it e no RegNow, não esqueça de cadastrar-se nos milhares de sites de busca de todo o mundo (ou pelo menos em alguns deles…). Existem softwares que podem auxiliar neste processo (um exemplo aqui). É possível contratar serviços de empresas especializadas, como a Cadastra. Cadastre também seu shareware, junto com o link de compra e download de demonstração, nos mais diversos sites de downloads existentes na web. E faça bons negócios.

No Brasil, além do SiliconAction, há outros dois grandes sites para comercialização online de softwares, o SofteArena e o ArquivoNacional. O SoftArena é uma associação entre o Superdownloads e a Cia do Software e possui hoje 3 mil revendas ativas. Proporciona uma excelente divulgação e a meu ver é o melhor canal de vendas e distribuição online de softwares. Para conhecer todas as vantagens oferecidas e publicar seu software neste canal, clique no link “Publique seu Software”.

O ArquivoNacional, bastante conhecido no mercado nacional e de língua portuguesa, também é um excelente canal de vendas e distribuição online, com bastante revendas. O número não foi informado, mas é bastante presente na web.

O empresário do software pode e deve adotar todos estes canais apresentados a fim de aumentar as chances de venda e difusão de seus aplicativos. Uma distribuição exclusiva deve ser analisada com cuidado, pois diminui as chances de vendas. Nenhum destes canais apresentados exigem exclusividade. Vale lembrar que a internet deve ser uma extensão de seu negócio físico.

As ferramentas aqui demonstradas devem ser vistas como novos canais de venda e distribuição de seus softwares. Uma última dica importante: invista em design. Aproveite esta vantagem que a internet oferece, onde uma empresa pequena pode se apresentar melhor do que concorrentes maiores. Por isso o design e as questões de usabilidade são muito importantes na hora de desenvolver seu site. Vale a pena investir e contar com a colaboração de bons profissionais de design.

Top
%d blogueiros gostam disto: