A formação mais procurada no Mundo.

Digital Dexterity no coração da estratégia

Paulo-Marcelo Digital Dexterity no coração da estratégia Vida & Produtividade Resouce Paulo Marcelo artigo

Paulo-Marcelo-241x350 Digital Dexterity no coração da estratégia Vida & Produtividade Resouce Paulo Marcelo artigo

Por Paulo Marcelo, CEO da Resource

O termo ‚ÄúDigital Dexterity‚ÄĚ (na livre tradu√ß√£o ‚Äúdestreza digital‚ÄĚ) pode parecer estranho ou novo, mas, na verdade, j√° foi bastante discutido. Em 2015, despertou grande interesse no Gartner Digital Workplace Summit, realizado em Orlando (EUA). Na vis√£o do evento, o Digital Dexterity come√ßou a evoluir na esteira de um ambiente de trabalho em transforma√ß√£o.

Portais, redes sociais corporativas, sistemas de gest√£o de conte√ļdo, Nuvem, aplicativos m√≥veis orientados por voz e muito mais v√™m desenhando um ambiente corporativo digital, em um movimento natural de empresa e de colaboradores (usu√°rios digitais), inseridos em um mundo conectado e m√≥vel.

Mas essa arquitetura caminhou para um objetivo maior: a Digital Dexterity. Segundo o instituto de pesquisas global Gartner, para chegar l√°, a empresa tem de ser √°gil e contar com pessoas capacitadas para lidar eficazmente com “trabalho din√Ęmico e n√£o rotineiro”.

No in√≠cio deste m√™s, o termo Digital Dexterity ressurgiu com for√ßa em mais um evento da companhia do qual participei, o Gartner Symposium /ITxpo 2017, tamb√©m em Orlando (EUA). As apresenta√ß√Ķes enfatizaram que o principal papel das pessoas na transforma√ß√£o digital √© ajudar as organiza√ß√Ķes a alcan√ßarem a destreza digital e competir efetivamente.

No entanto, para isso, √© necess√°rio compor times que tenham destreza digital ‚Äď profissionais colaborativos, √°geis, anal√≠ticos, inovadores e criativos. ‚ÄúPessoas com capacidade e desejo de explorar tecnologias existentes e emergentes para obter melhores resultados comerciais”, disse a analista do Gartner Tina Nunno.

Mas o que significa destreza digital? Segundo o Gartner, é uma estratégia de negócios projetada para incentivar a agilidade e o engajamento da força de trabalho, promovendo a autonomia dos colaboradores e construindo um ambiente de trabalho consolidado. Nesse cenário, os líderes digitais devem avaliar a destreza digital de sua organização para implementar uma estratégia com o objetivo de atrair a melhor combinação de talentos.

A Digital Dexterity, portanto, n√£o √© um jarg√£o interessante e curioso ‚Äď √© o pilar de um moderno ambiente de trabalho digital. Sendo assim, √© altamente estrat√©gico construir um ambiente corporativo flex√≠vel e √°gil, que abrigue for√ßa de trabalho flex√≠vel e igualmente √°gil para o sucesso da organiza√ß√£o.

Muito além do digital

A estrat√©gia de constru√ß√£o do digital nas empresas envolve variadas an√°lises para que a transforma√ß√£o aconte√ßa de maneira clara e efetiva, alinhada √† evolu√ß√£o e √† cultura do neg√≥cio. Mas, sem d√ļvida, a Digital Dexterity √© um grande aditivo para a cria√ß√£o de uma nova cultura, que deve residir em um novo design organizacional, contemplando um mix de talentos.

√Č preciso mudar internamente para mudar externamente. A cultura de Digital Dexterity, segundo o Gartner, deve ser sustentada por tr√™s blocos nessa constru√ß√£o: tecnologia, engajamento e diversidade.

Para se tornar uma empresa digital, é vital ter capacidade para usar com assertividade a tecnologia e habilidade para criar valor por meio dela. Dominar a tecnologia não terá valor algum se a sua aplicação não estiver alinhada aos objetivos do negócio. Empresas que investem fortemente em tecnologia e na organização do seu desenho de atuação estão mais preparadas para superar seus competidores.

Mas entendo que a ‚Äúdestreza‚ÄĚ √© chave e deve existir independentemente da tecnologia porque √© uma quest√£o de perspic√°cia, talento para pensar al√©m do lugar comum, agilidade, capacita√ß√£o e intelig√™ncia coletiva. Assim, certamente, o digital pode ficar mais simples.

Compartilhe.

PinIt
Top