E-Zine Exclusivo para o Whastapp

Faça esta imagem se colorir apenas com o poder do cérebro

foto_ramos Faça esta imagem se colorir apenas com o poder do cérebro

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
foto_ramos Faça esta imagem se colorir apenas com o poder do cérebro

Preto e branco: com um truque simples, você consegue ver essa foto sem cores se transformar em uma paisagem colorida

Como deixar uma foto em preto e branco cheia de cores? Com a ciência. O vídeo abaixo faz parte de uma reportagem que foi ao ar recentemente no canal inglês BBC Four. Durante o programa, uma cientista mostra como uma simples ilusão de ótica pode enganar o cérebro a ponto de colorir uma imagem.

Para que isso aconteça, a imagem original é colorida em tons alaranjados e violetas. É preciso fixar o olhar nessa imagem colorida artificialmente por alguns segundos. Depois disso, quando a foto em preto e branco volta a aparecer, o cérebro percebe a paisagem cheia de cores.

Como isso pode acontecer? Os olhos humanos têm cones capazes de perceber as cores. Os cones são as células que reconhecem as cores azul, verde e vermelho. Quando super expostos a apenas uma cor, um deles deixa de responder.

Desse modo, os outros dois “se atrapalham” e mostram cores opostas ou complementares da imagem — por exemplo, em vez de ver a cor vermelha, os cones irão ver a cor verde. Como o cérebro é rápido, essa distração acontece por apenas alguns segundos até os cones perceberem a cor original.

A reportagem fazia parte de um especial sobre cores do canal. Aliás, reconheceu o vestido azul e preto que a jornalista usa? Ou seria branco e dourado?

Assista ao vídeo abaixo (em inglês) e siga os passos da jornalista para ver a imagem colorida.

Top
%d blogueiros gostam disto: