Treinamento Técnicas de Invasão

Firefox Quantum: a nova versão do navegador está mais rápida que o Ghrome

mm

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
mm

A disputa pela liderança na preferência dos internautas parece estar ainda mais acirrada após o lançamento do Firefox Quantum. O navegador da Mozilla já foi número um da internet e parece que a equipe de desenvolvimento está empenhada em retomar a sua posição que agora é ocupada pelo Google Chrome. Para isso foram meses de trabalho para entregar ao usuário uma nova versão do navegador com o dobro de desempenho se comparado com o seu antecessor. Essa é sem dúvidas é uma das melhores novidades presentes Firefox Quantum, pois atende uma reivindicação antiga dos seus usuários. Principalmente aqueles que costumam navegar na internet através de diversas guias abertas ao mesmo tempo e tendo que lidar com o consumo exacerbado de memória RAM. Não se trata apenas de uma nova versão, porque de acordo com os desenvolvedores essa foi a maior atualização já implementada desde que o Firefox foi lançado. 

O seu mecanismo de interpretação das páginas foi otimizado para tirar o maior proveito dos múltiplos núcleos dos processadores de computadores pessoais e dos dispositivos móveis. Essa melhoria impacta diretamente na experiência de uso, pois acelera apresentação das páginas sem comprometer o desempenho do dispositivo e aumenta a eficiência energética. Isso significa maior autonomia da bateria e mais tempo navegando na internet com o dispositivo longe da tomada.

Firefox Quantum já está disponível em português para os sistemas operacionais Windows, Mac OS X, GNU/Linux e nas lojas oficiais de aplicativos para Android e IOS.

 

Imagens: Divulgação Mozilla Firefox

Compartilhe.

PinIt
Top
%d blogueiros gostam disto: