A formação mais procurada no Mundo.

GDPR e o impacto no rastreamento do usuário

javascript_news GDPR e o impacto no rastreamento do usuário
foto_ramos GDPR e o impacto no rastreamento do usuário

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
foto_ramos GDPR e o impacto no rastreamento do usuário

Últimos posts por Ramos de Souza Janones (exibir todos)

Regulação Geral de Proteção de Dados da UE (GDPR) passou a vigorar em 25 de maio de 2018, tendo como impacto mais óbvio uma enxurrada de e-mails notificando os usuários sobre alterações nas políticas de privacidade. Conforme os sites procuravam se adequar para cumprir o amplo alcance da GDPR, os desenvolvedores já observaram benefícios significativos na performance de carregamento de página.

O site USA Today tem sido um dos exemplos mais citados, com um payload da versão europeia reduzido em cerca de 90%, melhorado principalmente pela remoção de vários scripts de rastreamento de usuários. O USA Today também usou a GDPR para justificar a melhoria do front-end geral de seus sites, levando em direção a otimizações de performance. Marcel Freinbichler, um desenvolvedor web austríaco, explicou os resultados disso pelo Twitter:

javascript_news-283x350 GDPR e o impacto no rastreamento do usuário

[Legenda] “Devido à #GDPR, o USA Today decidiu rodar uma versão paralela de seu site para usuários da UE, que teve todos os scripts de rastreio e propagandas removidos. O site pareceu muito rápido, então fiz uma auditoria de performance. Quão veloz poderia ser a internet sem todo o lixo! De 5.2MB para 500KB.”

Freinbichler notou melhorias similares no The Verge:

O The Verge mostra uma mensagem de consentimento de rastreio quando visitamos o site da UE. Provavelmente muitas pessoas clicarão em “Eu aceito” para continuar a navegar, mas se não fizer isso e esconder a mensagem via CSS, você não será rastreado e o site será muito mais veloz: 32s vs. 5s de tempo de carregamento, 61 vs. 2 arquivos Javascript, e 2 vs. 1MB de payload.

Erlend Eide do ServeBolt explica como a GDPR inspirou sua empresa a otimizar e melhorar a performance, através da melhoria do TTFB (Time To First Byte):

Geralmente, um alto TTFB é causado por uma performance baixa de servidor ou pela alta latência na conexão de rede no servidor do cliente.

Eide acrescenta que a causa mais significativa da latência de performance em sites é o Javascript de serviços terceiros.

Todos os provedores de serviços online querem colocar um script em seu site. Google, Facebook, Linkedin, Adwords, Tag Manager – e você mesmo os coloca lá. Temos nosso próprio mix de serviços testados e usados por um período de tempo, e serviços que apenas adicionamos por pura e simples conveniência. Existem maneiras geralmente melhores e mais específicas de alcançar os mesmos objetivos que estes scripts fornecem.

No fim, o ServerBolt foi capaz de reduzir a média de carregamento de página de 4s para 1s.

Tammy Everts da SpeedCurve reportou que a média de uma página web (baseada em dados a partir do Arquivo HTTP) aumentou em tamanho de 929KB em 2011 para mais de 3MB em 2017. Os tamanhos de arquivos de imagem são os contribuintes mais significativos neste aumento, com scripts sendo o segundo fator contribuinte mais relevante.

O impacto dos scripts de rastreamento de usuário na performance não é algo novo, mas a GDPR trouxe este impacto à tona para uma audiência muito mais ampla. O Google Developers providenciou um guia robusto para otimizar a eficiência do conteúdo incluindo Javascripts terceiros.

Quer queira estar focado em cumprir a GDPR ou não, os desenvolvedores estão fortemente encorajados a analisar o impacto de performance dos scripts terceiros de rastreamento de usuários, e a seguir instruções de carregamento eficiente de recursos terceiros.a

 

 

Compartilhe.

PinIt