A formação mais procurada no Mundo.

Google lança framework Java para interação com espaços físicos

foto_ramos Google lança framework Java para interação com espaços físicos

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
foto_ramos Google lança framework Java para interação com espaços físicos

Últimos posts por Ramos de Souza Janones (exibir todos)

O Google anunciou o Interactive Spaces, um novo framework open source que permite desenvolver aplicativos para interação de humanos com espaços físicos. O Interactive Spaces permite que ambientes físicos reconheçam e respondam a eventos estimulados pela movimentação de uma ou mais pessoas. A tecnologia pode ser utilizada na construção de instalações artísticas, no desenvolvimento de jogos que utilizam a interação física dos jogadores e em outros contextos onde haja interação significativa entre pessoas e ambiente.

A tecnologia adota o modelo de Produtores e Consumidores de eventos. Por exemplo, um piso poderia atuar como consumidor enquanto uma câmera de vídeo ligada ao teto representaria o produtor. Dessa forma, um movimento capturado pela câmera poderia gerar uma reação “ligar uma luz sob o piso”. Produtores e Consumidores podem ser conectados uns aos outros de forma flexível, tornando possível criar comportamentos complexos em um espaço físico.

O Interactive Spaces provê uma série de bibliotecas para a implementação de Atividades, que são executadas em algum espaço interativo. Uma Atividade é um componente de software que responde aos eventos gerados pelos Produtores.

As bibliotecas e o ambiente de execução do Interactive Spaces foram implementados em Java. É possível utilizá-los em Linux, Windows ou Mac OS X. E através de um adaptador é possível usar a tecnologia com outras linguagens, como JavaScript e Python. Além disso, o Google planeja adicionar suporte ao Processing, uma ferramenta e linguagem de programação para desenvolvimento de arte visual.

O projeto tem o código aberto e é distribuído pela licença Apache 2.0. Desenvolvedores podem acessar o Interactive Spaces no Google Code e clonar o repositório com o código-fonte no Mercurial.

Compartilhe.

PinIt