E-Zine Exclusivo para o Whastapp

Huawei anuncia sistema operacional para Internet das Coisas de apenas 10kb e com código aberto

foto_ramos Huawei anuncia sistema operacional para Internet das Coisas de apenas 10kb e com código aberto

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
foto_ramos Huawei anuncia sistema operacional para Internet das Coisas de apenas 10kb e com código aberto

A multinacional Huawei anunciou nesta quarta-feira (20) o lançamento do seu mais novo sistema operacional exclusivo para a Internet das Coisas: o LiteOS. Com apenas 10kb de tamanho, o sistema é o mais leve já criado para a IoT.

A companhia afirma que o novo sistema poderá ser utilizado em diversas áreas como casas inteligentes, wearables, veículos, entre outros. Além disso, ele terá código aberto e permitirá que programadores desenvolvam soluções sem se preocupar com direitos autorais ou licenças.

William Xu, diretor de Estratégia e Marketing da chinesa, diz que “a Huawei acredita que a padronização da infraestrutura da IoT fomentará o desenvolvimento de aplicativos de internet, incluindo aqueles da IoT”.

A previsão da Huawei é que 100 bilhões de conexões sejam geradas mundialmente até 2025 e dois milhões de novos sensores devem ser implantados por hora. A empresa tem como objetivo fazer com que as redes forneçam a conectividade necessária para suportar esta tecnologia. Xu garante que a Huawei não tem interesse em criar dispositivos, apenas conexões.

Com informações de Huawei e Canaltech.

Top
%d blogueiros gostam disto: