Treinamento Técnicas de Invasão

Lavarel, uma introdução – Parte 1

mm

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
mm

O que é o Lavarel

Aprenda React do Zero ao ProfissionalLaravel é um framework PHP livre e open-source criado por Taylor B. Otwell para o desenvolvimento de sistemas web que utilizam o padrão MVC (model, view, controller). Algumas características proeminentes do Laravel são sua sintaxe simples e concisa, um sistema modular com gerenciador de dependencias dedicado, várias formas de acesso a banco de dados relacionais e vários utilitários indispensáveis no auxílio ao desenvolvimento e manutenção de sistemas.  

De acordo com uma pesquisa feita em Março de 2015 com desenvolvedores, o Laravel foi listado como o framework PHP mais popular de 2015, seguido pelo Symfony2, Nette, CodeIgniter, Yii2 e outros. Em Agosto de 2015, o Laravel já era o principal framework de projetos PHP no GitHub.

Laravel foi desenvolvido sob o MIT License, tendo seu código-fonte hospedado no GitHub.

Porque usar o Lavarel ao invés de outros Frameworks PHP?

É difícil dar uma resposta simples pois o Laravel se destaca por mais um ponto, os quais listarei a seguir:

1. Documentação completa e fácil de ser compreendida. A divisão dos tópicos dentro da documentação obedece uma lógica a facilitar o aprendizado e a localização do que se precisa é muito fácil;

2. A curva de aprendizado é muito pequena e a mais plana dentre todos os frameworks que já avaliei (CakePHP, CodeIgniter, ZF 1 e 2, YII e PhalconPHP);

3. O engajamento da comunidade de desenvolvedores que utilizam (e amam) o Laravel é bastante grande, seja com disponibilidade para ajudar, seja para desenvolvimento de pacotes para resolver problemas que não são de responsabilidade do Laravel.

O que traz mais produtividade: Investir tempo para se adaptar e utilizar o Laravel, ou desenvolver livremente da maneira que você já domina e tem mais afinidade?

Segundo Fabio Vedovelli:

Sem sombra de dúvida é investir em aprender a usar um framework. Com isso eu quero simplesmente dizer: compreenda orientação e objetos, compreenda o padrão MVC, compreenda os princípios S.O.L.I.D. e então parta o Laravel. Se tiver tempo, estude um ou dois outros frameworks (superficialmente, se já tiver escolhido o Laravel) que implementam o padrão MVC: isso ajudará a determinar o que o Laravel possui de pontos fortes e fracos.

Pode parecer que estou dizendo para você mergulhar em teoria antes de usar um simples framework porém eu não digo para fazer isso e só depois usar o Laravel. Mas você deve se interessar pela teoria que dá base aos frameworks. Compreender bem o problema que eles resolvem facilita o aprendizado e diminui consideravelmente o tempo necessário para dominar a ferramenta.

Mãos na massa – Parte 1

Instalando Laravel

Existem alguns caminhos para instalação do Laravel em seu ambiente de desenvolvimento.

Pré-requisitos

Antes de começar, é importante que você verifique os requisitos necessários para instalação do Laravel em seu Sistema Operacional.

Laravel necessita de um Servidor Web que rode PHP5. Os servidores:

  • Apache, IIS ou Nginx dão conta do recado. Se você não é habituado com a instalação e configuração de servidores, pode procurar alguns pacotes que facilitam a instalação. Sugiro o XAMPP para Windows e Linux, o MAMP para Mac OSX.
  • Como dito anteriormente, o Laravel é escrito em linguagem PHP. Atualmente, sua versão 4.0, necessita ao menos a versão 5.3 do PHP.
  • Para o desenvolvimento de uma aplicação, é necessário também de um banco de dados instalado no sistema. O Laravel oferece suporte para MySQL, MSSQL, SQLITE e PostgreSQL.

Download do Laravel

Existem vários caminhos para você fazer o download do Laravel. O mais convencional é através do site:

http://laravel.com/download

Se você já é habituado com o repositório Github.com, pode baixá-lo com o seguinte comando:

git clone git@github.com:laravel/laravel.git

Descompactando o Laravel

Após o download do arquivo comprimido, precisamos descompactar o Laravel no diretório onde roda as aplicações web. Verifique o manual ou procure na internet em qual caminho as aplicações são instaladas em seu servidor.

Os caminhos mais comuns são, var/www, home/user/public_html c:\sites. Se você utiliza o XAMPP, por exemplo, as aplicações são instaladas no diretório htdocs, dentro da instalação do XAMPP.

Próximo artigo vamos dar inicio a um projeto na prática.

Aproveitando, segue nossa indicação:

Curso de Laravel – Plataforma EAD (LaraSchool), foi criado pela EspecializaTi. Resumidamente: Neste curso você vai aprender a criar uma plataforma ead multi usuários, onde qualquer pessoa pode se cadastrar no sistema e postar cursos e comercializar e ainda aprenderá como integrar o Laravel com um dos gateways de pagamentos mais famosos que existem para produtos digitais, o HotMart. Espero que goste desta dica! 😉

Compartilhe.

PinIt
Top
%d blogueiros gostam disto: