Southbank Software apresenta dbKoda: uma ferramenta de desenvolvimento Open Source para MongoDB

mm

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.
mm

A Southbank Software lançou recentemente, em oferta inicial, o dbKoda na versão 0.6.0: uma ferramenta de desenvolvimento em código aberto MongoDB desenvolvida em JavaScript, React e Electron. Conforme a imagem abaixo, a interface gráfica do dbKoda possui um gerenciador de conexão e um editor de código rico em recursos para trabalhar com bancos de dados MongoDB.

Gerenciamento de conexão

O gerenciador de conexões mantém vários perfis de conexão de banco de dados. Para cada conexão ativa, uma lista de bancos de dados e coleções correspondentes é exibida na metade inferior da janela do gerenciador. Uma variedade de opções de menu estão disponíveis para construção de consultas, execução de operações CRUD, indexação e importação/exportação de dados por meio de um clique com o botão direito do mouse (como mostrado abaixo à esquerda). O editor de perfil de conexão suporta todas as formas de sintaxe de conexão de banco de dados para criar novas conexões (como mostrado abaixo à direita).

Editor de código

O editor de código contém janelas de entrada/saída de consulta para escrever e executar comandos de shell MongoDB. O editor possui formatação de código, conclusão de código, cruzamento de código e destaque de sintaxe. Enquanto as consultas podem ser escritas à mão no editor de código, elas também podem ser criadas com o construtor de consultas, conforme ilustrado abaixo. Uma característica útil do construtor de consultas é que ele gera dinamicamente os comandos de shell MongoDB correspondentes no editor de código. Isso elimina o tedioso esforço na formatação correta das chaves e dos parênteses envolvidos na escrita de comandos complexos do shell MongoDB.

Aprenda React do Zero ao ProfissionalA Southbank Software lançou mais recentemente a versão 0.7.0 do dbKoda com novos recursos, incluindo:

  • Construtor de agregação;
  • Storage Drilldown;
  • Tunneling de conexões SSH;
  • Visualizador JSON aprimorado;
  • Exportar/Importar.

Semelhante ao construtor de consultas, o construtor de agregação permite a construção de consultas mais complexas que exigem uma função agregada. Considere o exemplo a seguir em que uma coleção de publicações usa o operador $lookup para realizar uma junção interna com a coleção de autores:

 

Conforme mostrado abaixo, o construtor de agregação gera dinamicamente a junção interna simplesmente inserindo os valores necessários para as chaves localFieldfromforeignField e as.

Se você quiser saber mais sobre o dbKoda, pode assistir um vídeo de 5 minutos disponível no YouTube, onde Harrisson demonstra como começar a utilizar a solução.

 

Compartilhe.

PinIt
Top
%d blogueiros gostam disto: