Ajax – Requisições Ajax com Javascript sem uso de APIs

Esta dica tem como objetivo mostrar como realizar Requisições Ajax com Javascript sem uso de APIs.

O site quirksmode.org possui um exemplo completo de requisição Ajax destinada a funcionar na maioria dos browsers (atuais e antigos), sem o uso de bibliotecas externas:

function sendRequest(url,callback,postData) {
    var req = createXMLHTTPObject();
    if (!req) return;
    var method = (postData) ? "POST" : "GET";
    req.open(method,url,true);
    req.setRequestHeader('User-Agent','XMLHTTP/1.0');
    if (postData)
        req.setRequestHeader('Content-type','application/x-www-form-urlencoded');
    req.onreadystatechange = function () {
        if (req.readyState != 4) return;
        if (req.status != 200 && req.status != 304) {
//          alert('HTTP error ' + req.status);
            return;
        }
        callback(req);
    }
    if (req.readyState == 4) return;
    req.send(postData);
}

var XMLHttpFactories = [
    function () {return new XMLHttpRequest()},
    function () {return new ActiveXObject("Msxml2.XMLHTTP")},
    function () {return new ActiveXObject("Msxml3.XMLHTTP")},
    function () {return new ActiveXObject("Microsoft.XMLHTTP")}
];

function createXMLHTTPObject() {
    var xmlhttp = false;
    for (var i=0;i<XMLHttpFactories.length;i++) {
        try {
            xmlhttp = XMLHttpFactories[i]();
        }
        catch (e) {
            continue;
        }
        break;
    }
    return xmlhttp;
}

A parte “padronizada” (i.e. suportada por navegadores recentes, que seguem os padrões estabelecidos) é a que envolve o XMLHttpRequest. As demais, estão aí para dar suporte a navegadores antigos.

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.

Últimos posts por Ramos de Souza Janones (exibir todos)

Share this post

scroll to top