Freelancer, seja Internacional e receber em dólar: Guia Completo

Freelancer, seja Internacional e receber em dólar: Guia Completo

30 de abril de 2019 0 Por Ramos de Souza Janones

Um guia completo para que você desenvolvedor, webdesigner e profissionais de tecnologia em geral, possam tornar um freelancer internacional e receber em dólares. 

O mercado internacional de tecnologia necessita muito de mão de obra. Com o dólar acima dos R$ 3,50 deixa os preços oferecidos por freelancers brasileiros um valor competitivo e “barato para eles”. Sendo uma excelente oportunidade tanto para quem está empregado e procura uma renda extra em horário fora, quanto a quem está desempregado e precisa de dinheiro ou um trabalho temporário, sem sair do Brasil. 

Este artigo é dedicado exclusivamente ao mercado mundial, seja para trabalhos freelas ou trabalho remoto fixo. 

Ganhar em dólares.
É importante que você compreenda que, além da opção de se tornar freelancer, há também a possibilidade de se procurar empregos remotos que são remunerados mensalmente. Se você possui este perfil, que prefere ter mais segurança sobre quando o dinheiro vai cair na sua conta, mesmo que ao custo de uma menor flexibilidade, nós não esquecemos de você: fizemos uma lista especial para este caso, contendo os principais sites para trabalho remoto do mundo.

Como é um artigo muito extenso e completo, resolvemos criar um Ìndice para que você possa navegar melhor por este conteúdo:

Antes de sair se cadastrando em sites de freelas e trabalhos remotos

Recomendo a leitura completa deste artigo. Que iniciamos com listas de sites de freelas e trabalhos remotos, mas em seguida dados dicas de como começar, escolher as melhores plataformas para o seu perfil e se dar bem nestas plataformas. 

Evento gratuito de tecnologia: inscreva-se na 3ª edição do Dev Summit:

  1. Vem ai a 3ª edição do maior evento hands-on de desenvolvimento de software do Brasil. Vamos apresentar tecnologias, ferramentas e práticas em mais de 20 horas em sessões ao vivo com profissionais de referência em Full Stack, Flutter, Angular, React e muito mais.
  2.  



    Leia também: Release do livro: Desenvolvedor Kotlin Android – Bibliotecas para o dia a dia

    É preciso se auto conhecer, fazer uma análise dos perfis de seus concorrentes, escrever o melhor perfil, até mesmo ter alguns projetos em Inglês para que possa ser selecionado. 

    Enfim, leia todo o artigo, veja as descrições de cada plataforma e no final vamos dar uma ajuda para você escolher as melhores e começar com elas. Boa leitura.

    Lista de sites para freelancers mais populares do mundo

    Estes são considerados os mais populares sites de freelancer. Como são populares, possuem muitos trabalhos divulgados, mas naturalmente há uma concorrência maior.

    Dessa forma, conseguir serviços nessas plataformas será um pouco mais difícil no início, já que haverá uma concorrência grande, mas em longo termo pode valer muito à pena.

    A grande dica para o inglês técnico: inclusive falar de requisitos, projetos é este curso aqui. O qual recomendamos fortemente para não passar vergonha e evoluir na carreira internacional. 

    Apesar de indicarmos o curso da Danki.code, recomendamos a leitura de: Como aprender Inglês sozinho e grátis: O Guia Completo

    1. Upwork: é o site de freelancers mais popular na internet hoje em dia, nascido da união do oDesk e Elance. No início, há uma taxa de 20% sobre seus ganhos, mas esse percentual é reduzido quando sua experiência na plataforma aumenta, chegando a 5%. Milhares de oportunidades dos mais diversos tipos são postadas no site todos os dias.
    2. Guru: se a taxa inicial do Upwork te impressiona, o Guru é uma opção mais razoável. Mais de um milhão de freelas utilizam o site para encontrar trabalhos.
    3. Freelancer: neste site você pode aplicar para trabalhos diversos. É uma plataforma relativamente nova, mas que já tem uma base muito boa de clientes e freelancers.
    4. We Work Remotely: funciona um quadro de avisos com vários tipos de serviços para freelancers de todas as categorias, sendo uma boa plataforma também para programadores. A única regra para se postar no site é ser um trabalho remoto.
    5. Fiverr: você pode encontrar freelas aqui começando de US$ 5 por projeto. Não deixe que esse valor aparentemente baixo faça você desistir do site. É totalmente possível ganhar centenas de dólares por dia se você encontrar o trabalho certo.

     

    Lista de sites para freelancers em crescimento pelo mundo

    Populares mas com menos gente

    1. Indeed: agrega dados de oportunidades de toda a internet em um só lugar. Você pode encontrar mais de 2.000 oportunidades no site.
    2. Onsite: marketplace com curadoria para oportunidades de freelas em vários campos. É uma plataforma que você só pode entrar se for convidado, tendo ainda que fornecer exemplos de trabalhos para ser aceito.
    3. Folyo: plataforma que conecta empresas com uma rede de freelancers e influencers. Esses últimos, revisam as necessidades das empresas e as direcionam para freelancers diferentes classificados como os mais adequados para o trabalho.
    4. Matchist: uma plataforma onde qualquer um pode submeter uma ideia que deseja realizar. O Matchist então escolher um gerente de projetos para a ideia e “especialistas” que vão fazer a ideia acontecer. Você precisa se tornar um especialista para se beneficiar com as oportunidades de trabalho.
    5. Freelanced: uma rede social desenvolvida para freelancers. Você cria seu perfil, define seu valor hora e aplica para os trabalhos no site.
    6. Skip the Drive: oferece um banco de dados de trabalhos remotos em diversas áreas.
    7. Virtual Vocations: banco de dados de oportunidades remotas curadas a partir de 2.500 empresas selecionadas. O site adiciona mais de 450 oportunidades novas todos os dias.
    8. Rat Race Rebellion: plataforma que ajuda pessoas a encontrarem trabalhos em que podem trabalhar de casa e ganhar um dinheiro extra. Possui mais de 100.000 oportunidades listadas em seu banco de dados.
    9. Remotive: oferece oportunidades de freelas em diferentes áreas. Simplesmente vá até a plataforma, filtre por “Engineering” e encontre o seu freela.
    10. FlexJobs: FlexJobs é uma plataforma para que você encontre trabalhos flexíveis e remotos. Todas as oportunidades são pré- selecionadas pelo site e são legítimas, uma garantia que a própria plataforma oferece.
    11. PeoplePerHour: foi criado para oportunidades de freelas no Reino Unido e ainda é dominado por oportunidades dessa região.
    12. Crowdsite: empresas postam um post de 140 caracteres descrevendo sua necessidade e você pode responder com um post similar a um tweet. A ideia é que todo o processo seja rápido e sem muitos detalhes.
    13. YunoJuno: é uma ótima plataforma que ajuda a conectar negócios com freelancers. Oferece funcionalidades para suportar contratos e faturas.
    14. Krop: oferece um quadro de trabalhos de vários tipos de oportunidades. Possui um teste gratuito onde você pode construir seu portfólio e encontrar trabalhos.
    15. CloudPeeps: uma comunidade online que ajuda as empresas a encontrarem profissionais locais ou remotos para lhes ajudar com marketing, criação de conteúdo, design e muito mais.
    16. Aquent: comunidade de profissionais de criação e de tecnologia. Como membro do time, você pode ajudar a resolver problemas de várias empresas ao redor do mundo.
    17. Project4Hire: o Project4Hire é uma plataforma de freelancing online para todos os tipos de serviços, incluindo TI, desenvolvimento web, tradução e muito mais. Você tem que pagar uma taxa de 5% no início de cada projeto, mas será reembolsado se o cliente desistir.
    18. iFreelance: é outra plataforma para muitos tipos de freelancers. Até onde eu sei, é a única que permite que você fique com 100% dos seus ganhos.
    19. Damongo: se define como sendo o maior site para micro-empregos online. Muito parecido com o Fiverr, onde você é pago por concluir uma grande variedade de tarefas simples.

    Sites focados em tecnologia

    1. Dice: plataforma para procurar trabalhos de tecnologia. Há trabalhos tanto para tempo integral quanto para meio-horário.
    2. Gigster: conecta empresas e empreendedores com programadores, designers e gerentes de projeto. Se conseguir passar pelos filtros da plataforma, você pode conseguir oportunidades nas maiores empresas de tecnologia do mundo.
    3. FreelancerMap: plataforma que te ajuda a encontrar freelas de tecnologia ao redor de todo o mundo.
    4. AuthenticJobs: há posições para designers e programadores. Algumas das vagas são para tempo integral, mas há vagas também para freelas e para trabalhos remotos.

    Web design e programação

    Caso você seja um bom designer, além de programador, estas plataformas podem ser muito boas para seu caso.

    1. Joomlancers: é um quadro de trabalhos focado em Joomla, Drupal, OScommerce, Vbulletin, WordPress, Magento e outros.
    2. Hirable: conecta empresas com developers freelancers para projetos de curto e longo prazo. Você vai precisar ser pré-selecionado antes de ser conectado com clientes em potencial.
    3. io: plataforma onde programadores e designers podem encontrar empresas que precisam de algum freela. Grandes nomes como Amazon, Zappos e LonelyPlanet encontram freelancers neste site.
    4. Smashing Magazine: é um bom lugar onde programadores e designers podem encontrar oportunidades de trabalho.
    5. WordPress Jobs: é o quadro de trabalhos oficial para WordPress. Freelancers podem encontrar nesta plataforma trabalhos de desenvolvimento de temas, plugins, otimização de sites e outros.
    1. WPHired: outro site que é focado em desenvolvimento para WordPress, incluindo design, plugins, temas e outros.
    2. 99Designs: empresas postam oportunidades para que designers submetem suas criações. Caso a empresa escolha a sua criação, você recebe uma quantidade de dinheiro pré-determinada.
    3. DesignCrowd: é similar ao 99Designs, em que você precisa participar de disputas sobre o melhor material de design para que possa ganhar dinheiro.
    4. SquadHelp: outra plataforma com mecanismo de funcionamento similar ao 99Designs e SquadHelp.
    5. EnvatoStudio: é um lugar onde developers e designers podem aplicar para realizare, trabalhos como freelancers. Você define seu preço para ser contratado pela plataforma.
    6. Behance: o Behance oferece um quadro de trabalhos para profissionais de criação. Você pode encontrar trabalhos baseados em localização, habilidades ou outras qualificações.
    7. DesignHilI: considera a si mesmo o maior marketplace de design gráfico do mundo. Seu modelo de funcionamento é o mesmo do 99Designs.
    8. Coroflot: focado em profissionais de criação. Designers criam seus portfólios e o site conecta os profissionais com as vagas em aberto.
    9. Dribble: é um quadro de trabalhos para designers. As empresas precisam pagar uma alta taxa para postartrabalhos, então os serviços que estão lá dentro normalmente são bons e geram uma boa grana.
    10. Juiiicy: é uma comunidade online privada para designers.

    Voltados para habilidades de ensino

    Caso você seja uma pessoa que gosta de ensinar, os sites a seguir podem ser ideais para você. Há oportunidades em vários âmbitos, não somente em programação:

    1. Tutor.com: é o site número 1 da internet para tutoria online. Tornando- se um tutor no site você pode começar a ensinar várias pessoas ao redor do mundo.
    2. CheggTutors: oferece oportunidades flexíveis de tutoria, começando por US$ 20/hora. De acordo com o site, os top tutores podem ganhar até US$ 1.000,OO/mês. Já foram realizadas mais de 15 milhões de sessões neste site.
    3. TutorVista: é similar ao Chegg Tutors, tendo realizado mais de 10 milhões de sessões de ensino. Você pode trabalhar com pacotes mensais ou com estudantes que pagam por hora.
    4. JustAnswer: ao se tornar um Just Answer Expert você pode responder a perguntas das pessoas e ganhar por este trabalho. Há vários tipos de assuntos sobre os quais se pode responder.

     

    Lista de sites para trabalhos fixos e remotos

    É importante que você compreenda que, além da opção de se tornar freelancer, há também a possibilidade de se procurar empregos remotos que são remunerados mensalmente.

    Se você possui este perfil, que prefere ter mais segurança sobre quando o dinheiro vai cair na sua conta, mesmo que ao custo de uma menor flexibilidade, nós não esquecemos de você: fizemos uma lista especial para este caso, contendo os principais sites para trabalho remoto do mundo.

    O ideal é que você primeiro trilhe o caminho e crie um bom rankeamento como freelancer e assim ser um tipo de “trampolim” para você se tornar um assalariado remoto no futuro. 

    Mais importante ainda para um assalariado remoto (até mesmo os trabalhos freelas) é o seu inglês, inclusive técnico de conversar sobre requisitos, projetos, etc.

    A grande dica para o inglês técnico: inclusive falar de requisitos, projetos é este curso aqui. O qual recomendamos fortemente para não passar vergonha e evoluir na carreira internacional. 

    Apesar de indicarmos este curso da Danki.code, recomendamos a leitura de: Como aprender Inglês sozinho e grátis: O Guia Completo

    Listamos para você os melhores sites para se encontrar trabalho remoto no mundo hoje:

    1. Stack Overflow: é um dos locais mais populares para empresas encontrarem freelancers e empregados, devido ao fato de ser associado à plataforma de perguntas e respostas do Stack Overflow. Muitos trabalhos são para trabalhar no local, mas nada que um filtro para procurar somente trabalhos remotos não resolva.
    2. RemoteOK: muitas oportunidades são postadas aqui por dia, contendo vários tipos de trabalhos interessantes para as mais diferentes linguagens de programação. Além disso, eles possuem uma API caso você queira consumir e criar seus próprios alertas para quando as oportunidades surgidas se adequarem a seu perfil.
    3. RemoteJobsRocks: foi lançado muito recentemente numa pegada similar ao RemoteOK, porém possui um layout muito simples e direto, facilitando o trabalho de encontraras possibilidades.
    4. Working Nomads: oferece uma lista com curadoria de oportunidades de trabalhos, entregue diretamente em seu email. O site é centrado em pessoas que querem trabalhar de qualquer lugar do mundo. Muita gente que é apaixonada por viagem escolhe o caminho por aqui.
    5. PowertoFIy: comunidade online focada em conectar mulheres que trabalham com tecnologia com seu emprego dos sonhos, sejam eles remotos, flexíveis ou no escritório.
    6. Sologig: é um banco de dados para se pesquisar vagas em tecnologia. Pode-se pesquisar trabalhos baseando-se em palavras-chave ou localização. Há vários trabalhos remotos disponíveis.
    7. The Muse: plataforma que oferece um banco de dados com mais de 80.000 trabalhos ao redor do mundo.
    8. Craigslist: por mais que possa parecer algo antiquado e absurdo, no Craigslist você pode encontrar todos os tipos de oportunidades, no mundo todo. Em nosso caso, pode- se encontrar tanto freelas quanto oportunidades de trabalho remoto.

    É muita plataforma, não é? E olhe que elas foram selecionadas para estarem aqui, deixei mais dezenas de fora da lista por serem menores ou menos interessantes para nós, programadores.

    Agora chegou a hora de você aprender a escolher a plataforma que melhor se adequa ao seu perfil.

    Como começar da forma correta?

    A primeira decisão que você deve tomar é escolher entre duas opções: se deseja focar em freelas, que pode fazer quando tiver mais tempo disponível; ou se deseja ter um trabalho remoto fixo.

    É claro que você pode começar procurando um trabalho remoto fixo ao invés de um freela. No entanto, eu sugiro que você comece com freelas. Primeiro porque os passos deste livro são mais adequados para este processo; segundo porque freelas são mais simples de se conseguir e vão lhe gerar um enorme aprendizado. A partir do aprendizado que você vai adquirir com trabalhos temporários, você se tornará mais preparado para, se desejar, um assalariado no futuro.

    Como escolher a melhor plataforma para oferecer meus serviços?

    Se você é um especialista e muito experiente em programação, possuindo habilidades escassas e difíceis de encontrar, a sugestão é escolher entre um dos 5 sites que listei como “Os mais populares e naturalmente mais difíceis”.

    Agora, se você for um pouco menos experiente, sugiro que comece pelas plataformas com menor concorrência. Quanto maior a plataforma, maior a concorrência que você vai ter com outros freelancers. Isso torna mais difícil conseguir o seu primeiro trabalho. Claro que a escolha final é sempre sua, e você está livre para se aventurar onde quiser. Mas tenha em mente apenas que é questão de competição: quanto menos gente, maiores as possibilidades de você conseguir os trabalhos que pagam mais.

    Em quantas plataformas devo criar um perfil?

    Você precisa escolher a plataforma alvo para seus primeiros trabalhos como freelancer, Um fator importante é o seguinte: foque na qualidade do seu perfil, e não na quantidade,

    Não se registre em várias plataformas, escolha apenas uma ou, no máximo, duas plataformas, e faça um perfil realmente matador nelas. A escolha pelas plataformas é muito pessoal, mas vou te dar algumas dicas nas próximas seções que vão te auxiliar na escolha daquela que será a mais adequada para você.

    Devo focar em plataformas com mais ou menos gente?

    Como dito no começo: “Se você é um especialista e muito experiente em programação, possuindo habilidades escassas e difíceis de encontrar, a sugestão é escolher entre um dos 5 sites que listei como “Os mais populares e naturalmente mais difíceis”.”

    Agora, se você for um pouco menos experiente, sugiro que comece pelas plataformas com menor concorrência. Quanto maior a plataforma, maior a concorrência que você vai ter com outros freelancers. Isso torna mais difícil conseguir o seu primeiro trabalho.

    Claro que a escolha final é sempre sua, e você está livre para se aventurar onde quiser. Mas tenha em mente apenas que é questão de competição: quanto menos gente, maiores as possibilidades de você conseguir os trabalhos que pagam mais.

    Seja aprovado na plataforma escolhida

    Uma outra vantagem de estar em uma plataforma menos conhecida é também o fato de que muitas delas não possuem processos complexos e difíceis de aprovação para novos freelancers. Ser aprovado no Upwork – a maior plataforma de freelancers do mundo – pode exigir muito esforço e gerar nenhuma recompensa. Em muitos casos eles simplesmente não aprovam desenvolvedores novos pelo fato de que há muita gente com perfil similar no site. Isso é um ponto a mais para você começar com plataformas onde a disputa é menor.

    Pensando nisso, criei um conjunto de dicas básicas para que você tenha seu perfil aprovado na maioria dos sites de freelas do mundo. São dicas diretas sobre que colocar e o que descartar do seu perfil para aumentar a possibilidade de aprovação. Vamos lá?

    Pesquise a disponibilidade de suas habilidades na plataforma

    1. Liste todas suas habilidades.
    2. Pesquise perfis de sucesso com as mesmas habilidades que as suas.

    É importante que você pesquise, dentro da plataforma, todas as habilidades que listou.  Em cada pesquisa, observe a quantidade de freelancers que possuem as mesmas habilidades e compare com números de termos padrões para os quais há normalmente muitos perfis, como PHP e WordPress. Verifique e anote quais das suas habilidades que são mais escassas, pois elas vão se tornar um diferencial no seu perfil.

    Estude perfis similares ao seu e que já realizaram muitos trabalhos

    Estude bastante perfis e aprenda dicas com eles. Pesquise por outros freelancers e entenda como eles se posicionam, quais palavras usam, como expõem suas habilidades.

    Se na plataforma que você escolher for necessário, crie um perfil de empresa e veja tudo com a ótica de quem vai te contratar pela plataforma. A partir desse estudo de perfis você vai conseguir muitas idéias para se posicionar de uma melhor maneira.

    Pesquise a disponibilidade de suas habilidades na plataforma

    Em plataformas mais concorridas, você precisa mostrar que não é só mais um tentando ingressar no site. Seu objetivo é mostrar que você é um freelancer relevante, que agrega valor à plataforma e que vai fazer falta caso eles não o aprovem. Para isso, é necessário que você faça as pessoas que vão avaliar seu perfil sentir que têm sorte de ter você como freelancer. Dar destaque às suas experiências, em como elas engrandecem sua carreira e em como elas são especiais e diferentes com certeza passa essa impressão para os avaliadores.

    Fique atento ao seu Inglês

    Durante todo o artigo foi enfatizado a importância do Inglês, não apenas do dia-a-dia, mas também o de negócios (business) e o mais importante: o técnico. Para conversar sobre projetos, requisitos. Tornar a comunicação fácil para ambos os lados. 

    Então, além do curso de Inglês de para Programadores, da Danki.Code, faça o English for Business, recomendamos um gratuito da ABA English, aqui.

    Mas é IMPORTANTE: fazer também o curso de Inglês de para Programadores, da Danki.Code. Parece propaganda, mas não é: é recomendação de verdade que vai fazer TODA A DIFERENÇA na sua carreira. Mais até em relação ao English For Business.

    No futuro você vai agradecer por este artigo fazer esta recomendação do Inglês para Programadores

    Como cobrar mais pelo seu trabalho de Freela?

    Qual é a diferença entre um profissional que cobra R$1.000 e outro que cobra R$100 pelo mesmo serviço?

    Será que é sorte? hahahahahaha Não, não é sorte, é competência. “Mas como assim? Eu sou super competente!” Você pode ser super competente no serviço que presta, mas para ganhar mais dinheiro, precisa ter outras habilidades como oferecer valor, saber quanto cobrar e ser uma pessoa de reputação.

    Nathy, explica ai!

    Uma conclusão

    Você descobriu o mercado global e sabe que os sites de freelas são como portas para este mercado. Você até mesmo já escolheu por onde começar. Neste momento, você está pronto para se posicionar online de maneira incrível. É muito importante o nível de seu inglês em termos técnicos. E um bom texto em seu perfil, por isso é importante estudar os perfis vencedores para você escrever algo relevante. 

    Para aprender mais sobre como entrar neste mercado internacional, recomendo o Método DolarDev. Muito deste artigo foi retirado de seu conteúdo e você terá templates para perfis, formas de tributação e muito mais. Acesse o Método DólarDev.

     

     

    votes
    Article Rating

    LEIA TAMBÉM:  4 motivos que desenvolvedores devem prestar atenção aos chatbots

    E-Zine Ramos da Informática

    * indicates required

    View previous campaigns.