Formação Oracle DBA Completa


Pague menos Impostos e economize com Fintechs

Pague menos Impostos e economize com Fintechs

13 de fevereiro de 2019 1 Por Ramos de Souza Janones
Powered by Rock Convert

Como Empresas (em geral) e de Software e Startups podem pagar menos impostos e dentro da lei, economizar dinheiro com fintechs. Selecionamos as melhores dicas para pagar menos impostos e ainda incentivar funcionários, além das melhores startups que fazem você economizar muito dinheiro.

Este artigo tem como objetivo ajudar você, empreendedor de software, a pagar menos impostos e ainda incentivar funcionários aproveitando brechas na lei que favorecem você e sua empresa. E alguns erros que muitos cometem e não deveriam cometer.

A última dica você ainda ajudará a manter este site e contratar articulistas: ganhando duas vezes: benefícios fiscais e um site com melhores conteúdos 😉 .

1. Retiradas do Pró-Labore

Se você faz retiradas do pró-labore de sua empresa, faça retiradas que fiquem isentos do Imposto de Renda. E faça uma segunda retirada declarando como distribuição de dividendos. Assim você fica livre do Imposto de Renda. E para ter uma aposentadoria melhor, procure investimentos de longo prazo, como ações ou até mesmo PGBL, ficando livre dos trocados pagos pelo INSS. 

Sabe nada de investimentos? Então vai gostar de: Livros sobre independência financeira, finanças pessoas e finanças empresariais que vão mudar sua vida

2. ISS em Prefeituras com taxas menores

Muitos gostam de contribuir para o seu município e pode achar que não vale a pena procurar outra cidade. Muitos acham que é preciso mudar de cidade. Mas não é bem assim, você pode ter sua empresa em qualquer cidade do País e abrir um escritório virtual com toda sua empresa aberta em uma cidade com ISS menor. 

Em 2017 quando iniciamos as atividades de uma startup, que não deu certo (posso contar toda a história se quiser, basta ver aqui como) não queríamos abrir empresa em outra cidade com ISS menor. Nem sabíamos que era possível abrir em outra cidade, até mesmo estado, e ter a empresa funcionando em outra cidade.

VAI GOSTAR: Guia Jurídico Definitivo para Startups

VEJA TAMBÉM: Sucesso na Carreira com o LinkedIn

RECOMENDAMOS: Curso de Desenvolvimento de Games Completo

LEIA: Como Aprender Java e ir além do mercado de trabalho tradicional


Na verdade você terá a empresa em duas cidades, mas emitirá as Notas Fiscais Eletronicas (NFS-e) na cidade com o menor imposto. Por que fizemos isso? Porque não queríamos gerar NFS-e de forma manual (uma a uma) e nenhum software atendia a nossa cidade e a comunicação com a fornecedora da Prefeitura de nosssa cidade era impossível, então fomos obrigados a abrir uma nova empresa em outra cidade, sem estar nesta cidade. Apenas contratando um Escritório Virtual e abrindo uma filial nesta cidade.

E assim, além da automação das NFS-e ainda passamos a pagar menos da metade do ISS de nossa cidade e de forma legal (Dois benefícios em um). 

Como abrir uma empresa em outra cidade, sem estar presente nesta cidade?

Utilizamos o site https://www.virtualoffice.com.br/ para abrir o escritório virtual, já com todas as exigências de abertura de firma.  Não precisamos contratar uma empresa de contabilidade nesta cidade, a nossa empresa de contabilidade cuidou de tudo. E foi muito mais rápido que abrir aqui na nossa mesma cidade. 

Procure por escritórios virtuais onde o ISS é menor. 

DICA DE JUDEU: Se sua contabilidade for maior que R$ 289,00 por mês (geralmente capitais é maior, aqui no interior não), utilize o Contabilizei. E faça economia na parte contábil. Afinal, eles só sabem calcular impostos mesmo…. com sua economia, faça investimentos, publicidade, invista em seus colaboradores, etc. 

Sim, invista em Marketing com o dinheiro que vai economizar: 22 Livros de Marketing Digital para ler em 2019

3. Gratificações e Reembolsos

Muitas empresas de software cobrem despesas de seus funcionários, dão benefícios e muitas vezes acabam pagando tributos extras que poderiam não estar pagando. Além disto, há algumas startups interessantes que vamos demonstrar nesta parte do artigo de gratificações e reembolsos que vão ajudar você a economizar e muito.

E se sua empresa não dá benefícios devido ao aumento destes custos, agora poderá dar incentivando seus funcionários e nas contratações de novos. (Aliás, este é um dos muitos problemas de nossos leitores segunda uma pesquisa que estamos realizando. Se não respondeu a nossa pesquisa, por favor, responda aqui).

3.1 Pagamento de despesas de viagem (Chargeback e Milhas)

Muitas empresas reembolsam viagens a trabalho de seus colaboradores. Existem Startups e programas de milhagem que não são aproveitadas pelas empresas pelo desconhecimento. Algumas dicas para economizar em viagens e aproveitar as milhas.

20% de CashBack (dinheiro de volta) em reservas de hotéis

No Tilt você ganha 20% de Cashback (Dinheiro de volta) em cada reserva de hotel

Isso mesmo. Passe a utilizar esta startup para fazer as reservas de hotéis para seus funcionários e eles reembolsam 20% das hospedagem, além de procurar os melhores hotéis com os melhores preços. E não dando o dinheiro direto ao funcionário não fica como benefício de salário. Se sua empresa realiza muitas viagens a seus colaboradores, utilize este serviço. 

3.2 Programas de Milhas

Muito de fala de cripto moedas (moedas virtuais), mas existe uma moeda virtual que é muito ignorada e as empresas e pessoas podem ganhar muito dinheiro e economia com os programas de milhas. Vou deixar a Nathalia Cury do Me Poupe e o Ricardo Amorim explicar melhor a respeito, nos dois vídeos a seguir:

Vídeo 1: ENTENDA COMO USAR AS MILHAS!

Há uma playlist só sobre o tema: Suas milhas (Que são a mesma coisa que pontos) agradecem e o seu bolso também! Quer saber como gastar menos dinheiro e acumular mais pontos? Veja a playlist completa: https://www.youtube.com/playlist?list=PL5vSn8ej1b0skkFBqdUeF4bKt4Nuzj3aV

Video do Ricardo Amorim sobre Milhas como Investimentos

Powered by Rock Convert

Em resumo: “Ultimamente, muita gente se interessou por criptomoedas. O interessante é que outras moedas alternativas que todos já temos – os pontos e milhas de programas de fidelidade – não geram o mesmo interesse e atenção. É hora de mudar isso e fazer as suas milhas renderem. O bacana é que surgiu o primeiro projeto educacional no mundo, o Dicas Smiles, para ajudá-lo a entender e usar melhor suas milhas. Confira em https://www.smiles.com.br/dicas-smiles

DICA DE JUDEU: Caso queira se aprofundar em milhas e REALMENTE LUCRAR, aconselho o curso Lucrando Com Milhas. Há muitas pessoas ganhando muito dinheiro com milhas. Se você paga viagens e hotéis para seus funcionários é sempre bom saber como lucrar realmente com estas moedas digitais.

4. Vale Refeição aos funcionários

Este é um ponto interessante, vamos há alguns cenários (no final vou dar a solução):

Você paga este benefício em dinheiro

  • Você está pagando sobre o salário de seu colaborador o recolhimento do INSS e FGTS (encargos sociais) e encargos trabalhistas sobre o valor do benefício.
  • Se está em regime tributário Lucro Real: Não tem dedução de até 4% do Imposto de Renda

Em resumo: Está pagando a mais por cada funcionário. 

Você não dá este benefício aos seus colaboradores

Muitos reclamam que não conseguem bons funcionários e dar este benefício incentiva e aumenta a produtividade.

4.1 Como dar o benefício de Vale Refeição e ganhar benefícios

É aqui que você estará ajudando a Ramos da Informática a contratar colunistas e escrever artigos técnicos interessante e ainda a:

  1. Isenção do recolhimento do INSS e FGTS (encargos sociais) e encargos trabalhistas sobre o valor do benefício.
  2. O trabalhador pode contribuir com uma parte deste benefício (desconto de até 20% do valor total do benefício, amparado pela Lei).
  3. Para clientes com regime tributário Lucro Real: Vantagens tributárias com dedução de até 4% do Imposto de Renda.
  4. O colaborador terá a liberdade de escolha dos produtos alimentícios que irá consumir na ampla rede credenciada VR.
  5. O valor do benefício é entregue no dia certo, em qualquer lugar do Brasil, mesmo que o colaborador esteja ausente (férias, viagem, treinamento, licença…).
  6. Em caso de perda do cartão, o colaborador solicitará a 2ª via do cartão e o saldo será transferido para o novo cartão. É totalmente seguro, pois é protegido por senha.
  7. Ele poderá consultar o extrato pela internet/celular.

E fizemos parceria com a VR, que é considerada a melhor em Cartões de Vale Refeição:

  1. A VR possui um indicador relevante de compromisso com o consumidor. Eleita pelo sétimo ano consecutivo a empresa que mais os respeitam, sem contar que possui a melhor nota no site Reclame Aqui.
  2. Crédito mais rápido do mercado – em até 24 horas do pagamento do boleto é feito o crédito nos cartões (na concorrência para ter o crédito em 24 horas é necessário pagar uma taxa)
  3. As melhores tarifas, quando comparado aos seus concorrentes – Acima de 5 cartões tarifa ZERO (para cartões com crédito acima de R$100)
  4. Ampla rede de cobertura – 320 mil estabelecimentos;
  5. Indique um estabelecimento: caso algum estabelecimento não esteja credenciado com a VR, o próprio funcionário pode indicá-lo através do aplicativo e a equipe da VR entrará em contato com o estabelecimento em até 48 horas.
  6. Portal para o RH mais completo do mercado: possui funcionalidade exclusiva VR onde a empresa pode remanejar o saldo de um funcionário para o outro (ex. fez um crédito indevido pode recuperar o valor).

4.3 Faça a cotação para sua empresa e economize:

DICA DE JUDEU: Preencha o formulário a seguir que iremos gerar uma proposta a você começar hoje mesmo a fazer esta economia:

 

LEIA TAMBÉM:  Google anuncia o Tensorflow Lite: biblioteca de redes neurais para smartphones

5. Mais Fintechs que ajudam a economizar o seu dinheiro e o de sua empresa

Agora uma lista de Fintechs que ajudam a economizar dinheiro. Assim como indicamos no inicio do site um sistema de hospedagem de hotéis com cachback (dinheiro de volta) há aplicativos para compras de produtos e serviços que dão parte do dinheiro de volta. Vou listar apenas os principais:

5.1. CashBack – Dinheiro de volta

BeBlue

Aproveite os melhores estabelecimentos da cidade e receba dinheiro de volta a cada compra para usar como quiser.

Como funciona: o saldo de cashback só pode ser usado para efetuar outras compras em lojas parceiras ou para transferir a amigos que também sejam cadastrados. Com o aplicativo baixado em seu celular, basta informar ao lojista que o pagamento será feito via Beblue. Você utiliza seu cartão de débito ou crédito convencional em uma maquininha específica, digita seu CPF e recebe, instantaneamente, parte do valor gasto de volta, na carteira digital da plataforma. Também existe a opção de gerar crédito em sua conta Beblue através do pagamento de um boleto bancário. É cobrada uma taxa de R$ 1,99 para adesão, descontada de seu saldo. Existe uma taxa de inatividade de R$ 19,90 quando o aplicativo fica cem dias sem ser utilizado

Recompensa para o cliente: entre 2% e 200% do preço do produto ou do serviço

Forma de devolução: créditos na plataforma que podem ser utilizados para efetuar outras compras nas lojas parcerias. Apenas créditos depositados por boleto bancário podem ser sacados, com cobrança de taxa de 6%

Lojas físicas ou online? Apenas lojas físicas

Tem cupons de desconto? Não

Baixe o aplicativo, aqui e ganhe já R$ 5,00.

LEIA TAMBÉM:  15 Livros sobre finanças que vão mudar sua vida

Conclusão

O que achou deste artigo? Tem sugestões extras? Então comente aí. E nos conte também quanto está economizando por ano com nossas dicas. 

Ah, e este artigo não está no final. Ative as notificações que vamos dar mais dicas, neste mesmo artigo.

Siga os bons!

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.

Últimos posts por Ramos de Souza Janones (exibir todos)

Sumário
Dicas para pagar menos Impostos e economizar dinheiro com fintechs
Nome do artigo
Dicas para pagar menos Impostos e economizar dinheiro com fintechs
Descrição
Como Empresas (em geral) e de Software e Startups podem pagar menos impostos e dentro da lei, economizar dinheiro com fintechs. Selecionamos as melhores dicas para pagar menos impostos e ainda incentivar funcionários, além das melhores startups que fazem você economizar muito dinheiro.
Autor
Nome
Ramos da Informática
Logo

Frontend Do Zero Ao Profissional