Formação Oracle DBA Completa


3 formas de fazer cópia do banco de dados do WordPress

3 formas de fazer cópia do banco de dados do WordPress

26 de abril de 2019 1 Por Ramos de Souza Janones
Powered by Rock Convert

3 formas de realizar cópias do banco de dados do WordPress sem o uso do PHPMyAdmin. E um para copiar todo o seu site WordPress.

Você pode querer realizar cópias somente do seu banco de dados do WordPress ou de todo o seu tema. Aqui são apresentadas 2 formas de realizar cópias, ou backup, de seu banco de dados WordPress sem o uso do PHPMyAdmin e uma terceira forma de copiar seu site WordPress (tema, imagens, banco de dados) para tranferir para outra hospedagem.

 

WP-DB-Backup

Existe um plugin para WordPress que realiza o backup, o WP-DB-Backup, onde podemos ler na página do mesmo:

WP-DB-Backup allows you easily to backup your core WordPress database tables. You may also backup other tables in the same database.

Que traduzido:

WP-DB-Backup permite facilmente realizar um backup das tabelas de configuração presentes na base-de-dados do WordPress. Você também pode efectuar uma cópia de segurança de outras tabelas presentes na mesma base-de-dados.

VAI GOSTAR: Guia Jurídico Definitivo para Startups

VEJA TAMBÉM: Sucesso na Carreira com o LinkedIn

RECOMENDAMOS: Curso de Desenvolvimento de Games Completo

LEIA: Como Aprender Java e ir além do mercado de trabalho tradicional


Instalação

A instalação é conseguida em quatro simples passos que pode ser vistos aqui:

  1. Extrair a pasta wp-db-backup/ para /wp-content/plugins/;
  2. Activar o plugin na área administrativa em Admin -> Plugins;
  3. O plugin vai tentar criar uma directoria com o nome /wp-content/backup-*/ dentro da directoria do WordPress;
  4. Pode ser necessário dar permissões de escrita à directoria /wp-content (pelo menos temporáriamente) para que o plugin consiga criar a directoria mencionada no ponto 3.Por exemplo:
    $ cd /wordpress/
    $ chgrp www-data wp-content (onde "www-data" é o grupo que o teu cliente de FTP utiliza)
    $ chmod g+w wp-content

 

LEIA TAMBÉM:  Como inserir códigos AdSense automático nos conteúdos - Wordpress

Exportação visual a partir do painel administrativo (sem código)

Uma excelente alternativa que uso para esse tipo de tarefa é o plugin gratuito All-in-One WP Migration, que permite a exportação e a importação do banco de dados SQL (ou de todos os arquivos do site, se preferir), a partir do próprio painel do WordPress, sem ser preciso lidar com FTP e permissões de arquivo, de forma totalmente visual.

A instalação do plugin é feita pelo próprio painel do WordPress em “Plugins > Adicionar Novo“. Procure por “All-in-One WP Migration“.

Após a instalação a operação é simples:

  1. No site A: Vá até o menu Site Migration > Export exporte o banco de dados (ou o site completo) com o plugin. Em alguns momentos ele gerará um arquivo com a extensão .zip;
  2. No site B: Vá até o menu Site Migration > Import e arraste o arquivo .zip gerado na etapa 1 para dentro da área de importação.

E pronto!

O plugin funciona muito bem e pode ser inclusive utilizado por clientes, para um backup rápido do site completo ou somente do banco de dados, bastando acionar algumas opções bem simples.

Outra função importante do plugin é a busca e substituição totalmente visual do endereço do site e outras informações (como o caminho do servidor), que precisam ser alteradas no banco de dados final para permitir que o site funcione corretamente após a exportação.

Uso o plugin com frequëncia nos meus projetos e recomendo a todos.

Adminer

O plugin é um PHPMyAdmin dentro do WordPress. É uma ferramenta completa de administração do banco de dados MySQL escrita em PHP.

O autor do plugin, Frank Bültge, é um craque da escola alemã de WordPress, só tenho elogios ao seu trabalho: AdminimizeBackWPupMultilingual Press e um largo et cetera de outros plugins, projetos no GitHub e participação no Stack Exchange WordPress Developers.

Powered by Rock Convert

Tela principal

Tela de controle (seção Dump, usando Start Adminer inside)

Edição dos dados exportados

Para isso utilizo o seguinte procedimento:

  • Importar o dump MySQL numa base de dados local ou uma outra vazia no servidor.
  • Usar o aplicativo Database Search and Replace Script in PHP para substituir tudo que for necessário (URLs e Paths, principalmente).
  • Exportar essa base modificada e importar no servidor final.

Leia também: Como inserir códigos AdSense automático nos conteúdos – WordPress

Você está nas categorias:  Web » WordPress

Siga os bons!

Ramos de Souza Janones

Janones, é um empreendedor brasileiro apaixonado por empreendedorismo e tecnologia. Ao longo dos anos trabalhando com o desenvolvimento de softwares desktop desde a linguagem Clipper, passando pelo Delphi e atualmente com Java.

Optou pela formação de Publicidade e Marketing por sua segunda empresa de tecnologia ter participado do "boom" da internet nos anos 90 e na procura de melhorar seus conhecimentos em negócios.

Em razão da principal formação e profundos conhecimentos em programação e banco de dados, é capaz de realizar o desenvolvimento de aplicativos web, desktop e mobile com maior criatividade e inovação que profissionais de desenvolvimento com uma formação única e mais especifica, dedicada somente ao desenvolvimento de softwares.

Com toda sua experiência com empresas de software, sua formação e paixão por negócios escreveu o livro "Marketing para Empresas e Profissionais de Software", publicado pela editora carioca Ciência Moderna em 2012. Além de outros livros sobre programação.

Últimos posts por Ramos de Souza Janones (exibir todos)

Sumário
3 formas de fazer cópia do banco de dados do Wordpress
Nome do artigo
3 formas de fazer cópia do banco de dados do Wordpress
Descrição
3 formas de realizar cópias do banco de dados do Wordpress sem o uso do PHPMyAdmin. E um para copiar todo o seu site Wordpress.
Autor
Nome
Ramos da Informática
Logo

Frontend Do Zero Ao Profissional